Escrito por Família Theia e Flavia Lie

Por que tomar sol é importante?

Quando o bebê é amamentado com leite materno, ele recebe pelo leite a vitamina D que proporciona melhor saúde dos ossos, dos dentes (que ainda estão em formação) e também da pele. Mas, para que essa vitamina seja sintetizada no organismo e ative sua função, é necessária a exposição ao sol.

O banho de sol auxilia ainda na diminuição de bilirrubina no sangue, que causa a icterícia nos bebês. Um dos sinais dessa alteração nos bebês é a pele amarelada, pois a bilirrubina é um composto dessa coloração que resulta da destruição das hemoglobinas, células sanguíneas.

O que preciso saber antes de expor o bebê ao banho de sol?

O banho de sol é recomendado para bebês desde o nascimento, porém antes de ser iniciado, pergunte ao pediatra quando iniciar e qual o período apropriado para seu bebê.

Lembrando que antes dos 6 meses de vida, o uso de protetores solares não é indicado.

O mais recomendado é realizar o banho de sol até às 10h e depois das 16h, quando a radiação ultravioleta é menos intensa.

No caso de bebês com icterícia (condição que deixa a pele amarelada), o pediatra deve ser consultado. Lembrando que a icterícia pode ter inúmeras causas.

Quanto tempo ele deve ficar exposto ao sol?

A duração do banho de sol deve ser ajustada de acordo com o tempo e a quantidade de pele exposta.

  • Se a temperatura estiver amena e for possível deixar o bebê só de fralda, até 10 minutos serão suficientes.
  • Se ele estiver vestindo um body, poderá ficar 20 minutos ao sol.
  • Se o dia estiver frio, com sol fraco e apenas mãos e pés da criança estiverem expostos, o tempo pode se estender para meia hora sem problemas.

Como dar o banho de sol?

  • O banho de sol é recomendado com o bebê totalmente despido, vestindo somente a fraldinha e protegendo rosto e olhos por terem maior sensibilidade.
  • Se o bebê chorar ao tirar a roupa ficando irritado com o banho de sol, você pode colocá-lo de roupa exposto ao sol e ao passar alguns minutos você tira uma peça de roupa, como, por exemplo, a calça.  Após ter se acostumado, você retira mais outra peça até conseguir que todo o corpinho receba os raios solares.
  • Em dias mais frios ou com muito vento podemos mantê-lo com mais peças de roupa porém seguindo as orientações de tempo citadas acima.

Existe um local mais adequado para o banho de sol?

O local em que o banho de sol ocorre é outro aspecto que faz diferença. O banho deve ser feito ao ar livre, de forma que os raios cheguem à pele sem interferências. Não deve haver vidro entre o bebê e os raios solares.

Cuidados importantes

  • O intuito não é “bronzear” o bebê.
  • Mesmo protegida, a pele pode sofrer efeitos indesejados dos raios solares e do calor, como brotoejas e dermatites. Se isso acontecer, procure o pediatra.
  • Se a pele ficar avermelhada pelo sol, o pediatra também deve ser consultado para indicar o tratamento correto. No entanto, é fundamental que as precauções sejam tomadas para que isso nunca aconteça.

Viram como o banho de sol é tão importante para os bebês? Além de ser muito saudável, os bebês geralmente adoram esse momento. Siga as dicas da Theia e bora tomar sol!!!